en-BR
search-icon

Global VPN Client 4.10 Guia do administrador

Configurar propriedades de conexão de VPN

Exibir a caixa de diálogo Propriedades de conexão

A caixa de diálogo Propriedades de conexão inclui os controles para configurar um perfil de conexão de VPN específico. Para abrir a caixa de diálogo Propriedades de conexão, selecione um dos seguintes métodos:

Selecione a conexão e selecione Arquivo > Propriedades.
Clique com o botão direito do mouse na conexão e selecione Propriedades.
Selecione a conexão e clique no botão Propriedades na barra de ferramentas na janela do Cliente de VPN Global.

A caixa de diálogo Propriedades de conexão inclui as guias Geral, Autenticação do usuário, Pares e Status.

Configurações gerais das propriedades de conexão

A guia Geral na caixa de diálogo Propriedades de conexão exibe as seguintes configurações:

Nome – exibe o nome da sua conexão de VPN.
Descrição – exibe um texto pop-up sobre a conexão. O texto é exibido quando o ponteiro do mouse passa sobre a conexão de VPN.
Configurações da rede definidas por par – define o status do suporte do Túnel todo. Essas configurações são controladas no gateway de VPN da SonicWall.
Outro tipo de tráfego permitido – se habilitado, o seu computador pode acessar a rede local ou a conexão de Internet enquanto a conexão de VPN está ativa.
Tráfego padrão encapsulado para par – se habilitado, todo o tráfego de rede não roteado para o gateway de VPN da SonicWall é bloqueado. Quando você habilita a conexão de VPN com esse recurso ativo, a mensagem do Aviso de conexão é exibida.
Usar endereço IP virtual – permite que o Cliente de VPN obtenha o endereço IP via DHCP por meio do túnel de VPN do gateway.
Habilitar esta conexão quando o programa for iniciado – estabelece a conexão de VPN como a conexão de VPN padrão quando iniciar o Cliente de VPN Global da SonicWall.
Estabelecer segurança imediatamente quando a conexão for habilitada – negocia a primeira fase de IKE assim que a conexão é habilitada em vez de esperar que a transmissão de tráfego de rede comece. Esta configuração é habilitada por padrão.
Reconectar automaticamente quando ocorrer um erro – com esse recurso habilitado, se o Cliente de VPN Global encontrar um problema de conexão ao par, ele continua repetindo para realizar a conexão. Esse recurso permite que o Cliente de VPN Global realize uma conexão a uma conexão de VPN que esteja temporariamente desabilitada, sem intervenção manual.

Se o erro de conexão é devido a uma configuração incorreta, como o endereço DNS ou IP do gateway do par, em seguida a conexão deve ser manualmente corrigida. Verifique o Visualizador de log para determinar o problema e edite a conexão.

Essa opção é habilitada por padrão. Se um erro ocorrer com esta opção desabilitada durante uma tentativa de conexão, o Cliente de VPN Global registra o erro, exibe uma caixa de diálogo de mensagem de erro e impede a tentativa de conexão.

Reconectar automaticamente depois de suspensão ou hibernação – habilita automaticamente a conexão de VPN novamente após o computador ser ativado do estado de suspensão ou hibernação. Essa configuração é desabilitada por padrão.
Executar o script de logon do domínio quando conectado – após efetuar logon no gateway de VPN da SonicWall e estabelecer um encapsulamento seguro, executa qualquer ação configurada no script de logon.
Execute o seguinte comando quando a conexão for estabelecida – permite que um programa seja executado automaticamente, com argumentos opcionais, quando são estabelecidas conexões de VPN bem-sucedidas.
Restringir o tamanho do primeiro pacote ISAKMP enviado – esta opção pode ser usada quando o Cliente de VPN Global apresenta um erro, por exemplo, "O par não está a responder às solicitações de ISAKMP da fase 1" durante a tentativa de conexão. Este erro pode ocorrer quando o pacote de ISAKMP está fragmentado devido ao seu tamanho, mas o dispositivo de rede (roteador) não permite um pacote fragmentado ao estabelecer a conexão de VPN.

Propriedades de conexão Configurações de autenticação de usuário

A página Autenticação do usuário permite que você especifique um nome de usuário e uma senha quando a autenticação do usuário é exigida pelo gateway. Se o gateway de VPN da SonicWall não suportar a gravação (cache) de um nome de usuário e de uma senha, as configurações nesta página não estão ativas e a mensagem O par não permite salvar o nome de usuário e a senha aparece na parte inferior da página.

Lembrar o meu nome de usuário e senha – permite a gravação do seu nome de usuário e da sua senha para conectar ao gateway de VPN da SonicWall.
Nome de usuário – digite o nome de usuário fornecido pelo seu administrador de gateway.
Senha – digite a senha fornecida pelo seu administrador de gateway.

Propriedades de conexão Configurações de pares

A página Pares permite especificar uma lista ordenada de correspondentes de pares de gateway de VPN que esta conexão pode usar (várias entradas permitem que uma conexão de VPN seja estabelecida por meio de vários gateways de VPN). É efetuada uma tentativa de estabelecer uma conexão de VPN para os pares de gateway de VPN fornecidos na ordem em que aparecem na lista.

Para adicionar um par:
1
Clique em Adicionar.
2
Na caixa de diálogo Informações do par digite o Endereço IP ou Nome DNS no campo Endereço IP ou Nome DNS.
3
Clique em OK.
Para editar a entrada de um par:
1
Selecione o nome do par.
2
Clique em Editar.
3
Na caixa de diálogo Informações do par, efetue as suas alterações. Consulte Caixa de diálogo Informações do par.
4
Clique em OK.
Para alterar a ordem da lista do par:
1
Selecione um nome de par
2
Clique em Mover para cima ou Mover para baixo.
Para excluir a entrada de um par:
1
Selecione a entrada do par.
2
Clique em Remover.

Propriedades de conexão Configurações de status

A página de Status exibe o status atual da conexão.

Conexão:
Status – indica se a conexão de VPN está habilitada ou desabilitada.
Endereço IP de par – exibe o Endereço IP do par de conexão de VPN.
Duração – exibe o tempo de conexão.
Detalhes – exibe a caixa de diálogo Detalhes de status de conexão que especifica os parâmetros da fase 1 e da fase 2 negociados, bem como o status de todas as associações de segurança (SAs) de fase 2 individuais.

Atividade:
Pacotes – exibe o número de pacotes enviados e recebidos por meio do túnel de VPN.
Bytes – exibe o número de bytes enviados e recebidos por meio do túnel de VPN.
Redefinir – redefine os valores de Pacotes e Bytes para zero, a partir dos quais estes contadores imediatamente retomam.
Configuração de IP virtual:
Endereço IP – o Endereço IP atribuído via DHCP por meio do túnel de VPN do gateway de VPN.
Máscara de sub-rede – a máscara de sub-rede para o Endereço IP virtual.
Renovar – renova a concessão de DHCP.

 

Caixa de diálogo Informações do par

A caixa de diálogo Informações do par permite adicionar ou editar informações do par.

Endereço IP ou Nome DNS – especifica o Endereço IP de gateway de VPN ou o nome DNS do par.
Use o gateway padrão como o endereço IP do par – especifica o gateway padrão como o Endereço IP do par. O Cliente de VPN Global obtém o gateway padrão a partir da tabela de roteamento.
Tempo limite de resposta – especifica o tempo máximo para aguardar por uma resposta a um pacote enviado. Após esse tempo expirar, o pacote enviado é considerado perdido e o pacote é retransmitido.
O intervalo válido é de 1 a 10 segundos.
Máximo de tentativas – especifica o número máximo de vezes que o mesmo pacote é enviado antes de determinar que o par não está respondendo. O intervalo válido é de 1 a 10 tentativas.
Detecção de par inativo – Selecionar de:
Automático – este é tráfego com base na DPD. Se o Cliente de VPN Global não receber dados de resposta (tráfego de sentido único), então o Cliente de VPN Global troca pacotes de pulsação para detectar se o gateway de par está ativo. Se não houver nenhuma resposta do pacote de pulsação para o número de verificações falhadas nas Configurações de DPD, o Cliente de VPN Global tentará reiniciar as negociações IKE. Esta configuração é habilitada por padrão.
Forçar ligação – executa DPD periodicamente. O Cliente de VPN Global troca pacotes de pulsação para detectar se o gateway de par está ativo. Se não houver nenhuma resposta do pacote de pulsação para o número de verificações falhadas nas Configurações de DPD, o Cliente de VPN Global tentará reiniciar as negociações IKE.
Desabilitado – DPD está desabilitado. Não são trocados pacotes de pulsação. Isso impede o Cliente de VPN Global de detectar quando o gateway não está disponível.
Configurações de DPD – exibe a caixa de diálogo Configurações de detecção de pares inativos.

Verificar pares inativos a cada – selecione entre 3, 5, 10, 15, 20, 25 ou 30 segundos.
Assumir que par está inativo após – selecione entre 3, 4 ou 5 verificações falhadas.
NAT transversal – selecione uma das seguintes três opções:
Automático – determina automaticamente usar ou não o encapsulamento UDP de pacotes IPsec entre os pares.
Forçar ligação – força o uso de encapsulamento UDP de pacotes IPsec mesmo quando não há nenhum dispositivo NAPT/NAT entre os pares.
Desabilitado – desabilita o uso do encapsulamento UDP de pacotes IPsec entre os pares.
Configurações da LAN – exibe a caixa de diálogo Configurações de LAN para especificar as configurações usadas quando essa conexão é ativada através da LAN.

Digite o Endereço IP no campo Endereço IP "next hop" para especificar o próximo salto do Endereço IP de uma rota diferente da rota padrão. Deixar a configuração como zeros instrui o Cliente de VPN Global a usar a rota padrão.

Powered by Translations.com GlobalLink OneLink Software